sábado, janeiro 17

SIM, EU ESTIVE LÁ, MAS...


...saí a meio. Tinha um jantar, e tive mesmo de sair. Pelo menos vi a primeira hora. Foi giro e fez-se história. Três tipos a brincar com um Powerbook e uma parafrenália de maquinetas no meio das escadas rolantes do metro da Baixa/Chiado. Acho que é inédito no nosso país. As pessoas a passar ficavam espantadas com o que se passava, e tudo e tudo e tudo. Foi isto e aquilo, como todos os outros blogs que marcaram presença devem estar a dizer, e foi ainda mais. Não faço sentido? Não faz mal, também não é para fazer. E estava lá o teclista (?) dos X-Wife, a nova sensação do rock português (sim, eu estou a gozar). Eles são mesmo bons (olha eu a gozar outra vez). Talvez tenha aprendido algo, vá lá saber-se o quê. Mas os To Rococo Rot são giros, são muito giros, e não há sítio melhor para tocar do que o metro. Não há. Não há. Não há.