segunda-feira, fevereiro 28

Claro que ia ganhar Mar Adentro o Óscar para melhor filme estrangeiro. Oh pá, era óbvio. Ninguém duvidava. Tenho de ver ou talvez não tenha. Banderas e Penélope Cruz sorriem muito e batem palmas ruidosamente. O orgulho nacional. Banderas tem inveja de Javier Bardem. É que, sabem, Banderas fez mil filmes com Almodóvar, Bardem fez poucos, mas Banderas é um canastrão. É esquisito ver Samuel L. Jackson sem a bóina da Kangol.