quarta-feira, novembro 16

EUROPA


Hoje, no seu Juramento sem Bandeira, o Vítor Junqueira deixou uma reflexão chamada "Estará a Europa fora de moda?". Eu não era propriamente nascido nessa altura, mas acho que o texto lança questões pertinentes, mesmo que seja necessário separar a área do rock da área da electrónica. Se nos anos 80 os Birthday Party, rockeiros australianos, iam viver para Berlim, isto agora já não acontece, mas acontece outro fenómeno interessante, já que gente vinda da área da electrónica sai dos EUA ou do Canadá para ir viver para a Alemanha, como é o caso do Gonzales, entre outros. E ainda mais interessante é o caso de Scott Herren (Prefuse 73, Delarosa and Asora, Savath+Savalas, Piano Overlord), que se foi fixar em Barcelona. Ou o de Josh Rouse (já dentro do rock, bem, não bem), que também foi para Espanha. Depois há a cena nórdica de rock'n'roll maioritariamente revivalista, mas não seria mesmo possível, hoje em dia, que nascessem uns Young Gods.