sábado, novembro 12

LOU BARLOW


Ontem foi noite deste senhor (Sebadoh, Folk Implosion, a solo) fazer de jukebox humana na ZDB:

Lou Barlow

Já não usa óculos de massa, aceita pedidos de toda a gente (não é, Luís? A vossa química era brutal, deviam começar um talk-show, alguém falou da ligação Conan O'Brien-Max Weinberg, mas sem as caras de aborrecidos), toca temas de Sebadoh (eu pedi "Not a Friend" quando ele saiu a meio para ir ao bar), toca "Spoiled" (a melhor canção de sempre, da banda sonora do Kids) e vai alternando entre guitarra e teclado. Mas é só no princípio que sampla e loopa a guitarra, depois esquece o teclado e essas maquinetas e alterna só entre a guitarra de 6 cordas e a guitarra de 4 cordas, explicando que era jovem e se partiram as cordas e não tinha dinheiro para outras, pelo que escrevia canções só com 4 cordas. Ainda hoje é pobre e não tem dinheiro, por exemplo, para ir a Nova Iorque reunir-se com Eric Gaffney para fazer mais discos dos Sebadoh, já que The Sebadoh, de '99, foi um fracasso brutal (mas belo disco, ainda assim). Tocou "Mary", de Emoh, o seu primeiro disco verdadeiramente a solo, a canção que fala sob a perspectiva do pai terreno de Jesus e começa com: "Immaculate conception / yeah right".
Apesar de eu adorar a ZDB, há certos concertos que não devem ser com cadeiras. Já tinha acontecido o mesmo na Nina Nastasia (mas aí arranjei lugar), torna-se insuportável estar em pé com tanta gente dentro da sala e com cadeiras lá. Também, até certo ponto, aconteceu o mesmo em Final Fantasy, mas aí as pessoas sentaram-se no chão e a culpa foi delas próprias (será que o público é estúpido e mauzinho?). É a porcaria do calor a meio de Novembro numa noite fria. É das cenas mais esquisitas de sempre. Mas foi, apesar de tudo, um concerto divertido, não só pela química Lou-Luís (ele tinha um blog manhoso mas já não existe, por isso não há link), mas também pelo mito que é Lou Barlow e pela simpatia toda dele. E hoje é dia de Devendra Banhart na Aula Magna.

1 Comments:

At 6:44 da tarde, Blogger Raitxe said...

e ainda há alguns resquícios de dinosaur neste senhor?

 

Enviar um comentário

<< Home