domingo, janeiro 22

MORTE AO ROCK'N'ROLL


Ontem, na quinta (acho que é quinta, tinha ido a outras duas e só me lembro de ter havido mais duas) Kid City, desta feita no Mercado, partiram-me os óculos. Foda-se, que parvoíce. Há gente mesmo, mesmo estúpida. Lá porque é a cidade "onde todos os putos são reis" e essas cenas assim, não é preciso haver uma regressão até aos tempos do jardim-escola, com gajos altamente idiotas que mais mereciam um par de estalos. Ainda por cima o Luís ainda caiu ao chão e ficou todo fodido. Que otários. Só vi, por causa disso, os Vicious Five (pela milésima vez, mas vale sempre a pena, até a meio, quando me partem o raio dos óculos) e não fiquei para os d3ö nem para a ver o dj set da maior rock'n'roll star 'tuga, o Paulo Furtado. E gostava de saber porque é que o remix do Max Tundra para o "Do You Want To?" dos Franz Ferdinand, tema simpático, mas nada de especial, lá para o meio dá uma de "Jump" dos Van Halen? Era mesmo preciso o Michael Jackson-em-ácidos (comparação forçada e sem quaisquer piadas, vá lá, o julgamento já passou há que tempos, porra) fazer isso?

2 Comments:

At 12:47 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Epa!!
José Cid é o maior!!!!
Queremos que ele venha cantar "A Pouco e Pouco" no arraial de encerramento do nosso festival de teatro - I Festival Lusíada de Artes do Espetáculo GTUL!!!!!!
Zézinho, tens de vir pá!!!!

És grande!!

GTUL - Grupo de Teatro Universidade Lusíada

 
At 10:22 da tarde, Blogger S Guadalupe said...

oh rapaz, deves ser tão novito... a minha geração desenvolveu técnicas de dança com cotoveladas, joelhadas e pontapés que não magoavam, apenas afastavam os outros de magoar-se... e nunca parti os óculos! É muito interessante ver o pessoal outra vez tão animado a dançar. Há mais convívio...
deverias ter passado pelo estágio dos concertos dos M'as Foice (que gravaram nos estudos do CID)...

 

Enviar um comentário

<< Home